Lembra do menino que fumava 40 cigarros por dia? Veja o que aconteceu com ele 8 anos depois…

Este menino que segura um cigarro enquanto mantém suas mãos sobre o volante de um caminhão parece uma paródia de um motorista da idade média. No entanto, é uma criança de verdade e o que se esconde por trás desta imagem muito, muito preocupante. O cigarro que se pode ver na mão da criança não é um brinquedo, chocolate, nem qualquer outra imitação. Trata-se de um cigarro de verdade e de um menino fumante de verdade.

 

Ardi Rizal é um menino nascido numa pequena cidade nas Filipinas e que ficou conhecido devido ao seu grande vício em cigarros desde 2010 quando o mesmo chegava a 40 cigarros diários.

Recebeu seu primeiro cigarro aos 18 meses por seu pai e nem ele nem ninguém poderia prever o calvário que se formaria na família inteira devido ao vício de Ardi.

A medida com que a notícia se espalhou, o menino passou a ser assunto de muitas associações que lutam pelos direitos da criança. O governo também se interessou por Ardi e, de repente, se enxergou um sério problema presente naquela região que até então não era tratado à altura. Infelizmente, nas Filipinas é frequente a existência de menores que fumam.

 

Segundo os dados da Agência Central de Estatísticas, 25% das crianças entre 3 e 15 anos daquela região fazem uso do cigarro, dos quais 3,2% são fumantes ativos. O caso de Ardi é um caso extremo, mas que mostra um problema geral da população daquela área.

Depois de alguns anos e muito esforço pela parte da mãe de Ardi e até mesmo do governo (que prometeu comprar um carro para a família se Ardi parasse de fumar), o menino conseguiu deixar de fumar, mas não sem consequências.

 

Com o passar do tempo, Ardi conseguiu vencer seu hábito horrível, mas ainda não estava livre do vício. O menino vagou de uma dependência para outra igualmente perigosa: comidas gordurosas. Ardi passou por sessões de terapia para tratar sua dependência de fumar 40 cigarros por dia para levar a vida de uma criança normal.

Durante sua reabilitação, psiquiatras aconselharam a mãe de Ardi a deixá-lo ocupado com vários jogos e entretenimentos para manter sua mente distante das ideias de fumar ou comer.

Mas, felizmente, Ardi se mostrou uma criança com muita força de vontade. Com o passar do tempo, também conseguiu vencer a vontade de comer alimentos gordurosos. Agora é uma pessoa livre dos cigarros, que se alimenta de forma saudável e os resultados são claramente visíveis na fotografia abaixo. Agora ele está mais feliz e mais saudável do que nunca.

Compartilhe